topo humanizacao3

img imprensa1

Tombamento de edificações do Polígono da Saúde

O Conselho Deliberativo do HCFMUSP recebeu, no dia 21 de março, a visita do Secretário Estadual da Cultura, José Roberto Sadek, que estava acompanhado de sua equipe técnica. Ele apresentou detalhado estudo de tombamento do Polígono da Saúde.

A proteção do patrimônio considerado histórico já existe para a Faculdade de Medicina da USP (1981); Instituto Oscar Freire (1982); Instituto Adolfo Lutz (1990) e conjunto da AAAOC – Associação Atlética Acadêmica Oswaldo Cruz (2002).

Em 2005, foi aberto processo que amplia o tombamento, reconhecendo o valor cultural das seguintes edificações: Instituto Central do HCFMUSP; IOT – Instituto de Ortopedia e Traumatologia do HCFMUSP; Faculdade de Higiene e Saúde Pública e Escola de Enfermagem da USP.

Em março do ano passado, decidiu-se pelo tombamento com aprovação de minuta pelo Condephaat – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo.

O Secretário observou que, no caso do IOT e ICHC, a resolução do Condephaat prevê análise prévia apenas de intervenções em suas áreas externas adjacentes, fachadas e aos saguões nobres. Durante a visita, os membros do Conselho Deliberativo do HCFMUSP apresentaram seus comentários e sugestões futuras em relação ao assunto.

Revista de Medicina lança primeiro número de 2017

A tradicional e centenária Revista de Medicina acaba de lançar o primeiro número de 2017 , que destaca nesta edição o BRAINCOMS – Brazilian International Congress of Medical Students, da Escola Paulista de Medicina – UNIFESP, e o COMU – Congresso Médico Universitário da Faculdade de Medicina da USP.

A frente da Revista está o aluno do 3º ano da FMUSP, Viktor Sinkunas, que junto a mais cinco alunos compõem o Conselho Editorial, com o apoio de uma Secretária e cerca de 200 revisores. Em 2017 serão mais quatro edições da publicação, sendo uma especial. A edição especial, programada para o fim do ano, contará com a colaboração de outras Instituições e Universidades para elaborar o número dedicado à Obstetrícia e Ginecologia, sob o comando do Prof. Dr. Edmund Baracat, Titular da Disciplina na FMUSP.

A publicação tem se fortalecido no meio acadêmico, com atuação constante em eventos científicos, parceria com Associações e Ligas Acadêmicas e publicações de artigos premiados voltados à área médica, além de ser porta de entrada para a publicação científica na graduação. O periódico mantém uma disciplina optativa de escrita científica na grade do curso de Medicina da USP, inserindo e capacitando os graduandos com a linguagem de artigos científicos.

Em sua página no Facebook soma mais de 20 mil seguidores. No ano passado, foi a publicação mais acessada no Portal da USP, totalizando 770 mil downloads, entre os 10 milhões dos 161 periódicos.

Atualmente, o Conselho Editorial da Revista de Medicina busca aumentar a periodicidade da publicação para seis em 2018 e o número de indexações. Hoje a Revista consta na base de dados da LILACS - o mais importante e abrangente índice da literatura científica e técnica da América Latina e Caribe, e do Latindex - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.

Quer saber mais sobre a Revista ou colaborar? Envie e-mail para viktor.sinkunas@fm.usp.brou revistademedicina@fm.usp.br.